24 Horas.US
Notícias do Brasil e do Mundo.

Uber vai ter que acabar com alguns segredos de seu negócio na Flórida

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

FORT LAUDERDALE, FL – O Uber tem segredos que não quer compartilhar, mas um tribunal de recursos da Flórida diz que a informação deve se tornar pública.

Broward County deu permissão a Uber em 2015 para retirar clientes no Aeroporto Internacional Fort Lauderdale-Hollywood. A empresa, que faz negócios lá sob o nome de Rasier-DC LLC, fornece ao município relatórios mensais sobre o número de viagens que faz do aeroporto e a quantidade de taxas aeroportuárias que paga.

A Yellow Cab, uma das empresas locais de táxi que tentava manter Uber fora do negócio do aeroporto, decidiu que queria ver essa informação para ver mais sobre o negócio do Uber com o aeroporto.

Mas quando o Yellow Cab fez uma solicitação de registros públicos com o município, foi dito que a informação era considerada um “segredo comercial” não coberto pelas leis de registros públicos do estado. O município deu à empresa os relatórios da Uber com todas as informações apagadas.

Em fevereiro de 2016, a juíza Sandra Perlman concordou pela primeira vez com o município e disse que não precisava fornecer a informação, que detalhava o número de recolhimentos do Uber, as taxas pagas, a data, localidades exatas das viagens, e os três primeiros dígitos do número da placa do motorista.

Depois de ter sido solicitado a dar uma nova olhada na questão, Perlman determinou que o número total de pickups e as taxas pagas não eram segredos comerciais, e deveriam ser divulgados.

O tribunal de recursos do distrito concordou.

“Nada indica que as taxas ou as capturas totais oferecem uma vantagem para a Yellow Cab ou que Uber deriva um valor econômico independente de manter essa informação secreta”, afirmou o tribunal.

A decisão foi uma pequena vitória para as empresas de taxi regular, que viram o negócio diminuir com a crescente popularidade de empresas como o Uber e Lyft. As companhias de táxi fornecem a mesma informação ao município e nunca foi considerada um segredo comercial para eles.

“O público merece conhecer o impacto dos passeios para a comunidade, especialmente no que diz respeito ao congestionamento no aeroporto”, disse John Boit, porta-voz da Associação de Taxi, Limousine e Paratransit.

“Um jogo justo e honesto é fundamental para o sucesso das empresas de táxis locais que competem com a Uber e empresas similares”.

As autoridades da Uber não estavam prontas para dizer quarta-feira (10) se iriam aceitar a decisão do tribunal distrital ou apelar para instancias superiores.

“Estamos desapontados com a decisão de hoje e estamos avaliando nossas opções”, disse o porta-voz de Uber, na Flórida, Javi Correoso.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.