facebook
.
24 Horas.US
Notícias do Brasil e do Mundo.

Líder islâmico e seu filho acusados de treinar crianças para atacar escolas

Novo México – USA

Autoridades do estado do Novo México estão acusando formalmente um membro da família de um líder islâmico nos EUA de estarem treinando crianças para futuros ataques terroristas em escolas.

Documentos liberados ao público mostram que o acusado de nome Siraj Wahhaj estava treinando 11 crianças, com idades de 1 a 15 anos, para usarem rifles semi-automáticos e diversos outros armamentos. Segundo a acusação, essas crianças estavam sendo treinadas para executar atos de terrorismo em escolas americanas.

O pai de Siraj Wahhaj – que tem o mesmo nome –  é o líder religioso de uma mesquita no Brooklyn. O local é conhecido por atrair radicais e terroristas, inclusive um dos terroristas que bombardearam o Word TradeCenter em 1993.

Terrorismo em família

O filho Wahhaj e um grupo de quatro adultos, incluindo duas outras filhas de Wahhaj foram presos no Novo México, com acusações iniciais de abuso e negligência contra menores. A polícia ainda procura por outros membros da família que fugiram, inclusive levando outras crianças.

Vizinhos contaram aos diversos repórteres que foram ao local, que já haviam alertado as autoridades policiais que Wahhaj estava escondido com seu filho naquele local. A polícia foi acusada de ter demorado para agir, de acordo com Tanya e Jason Badger:

“Eles (policiais) demoraram muito a agir”

As autoridades americanas já identificaram centenas de locais onde possivelmente estariam ocorrendo o mesmo tipo de treinamento. Os vizinhos dizem que os terroristas se protegem através da Constituição Americana, que prevê “liberdade religiosa” em todo o país.

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.