24 Horas.US
Notícias do Brasil e do Mundo.

Homem é preso acusado de molestar sexualmente um cavalo

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

IRVINGTON, AL – Um homem do Alabama foi acusado de abusar sexualmente e repetidamente de um cavalo depois que o dono do animal acredita ter encontrado evidências do crime deixadas dentro de um celeiro.

Daniel Bennett, 18, de Irvington, está aguardando julgamento depois que ele alegadamente disse aos investigadores do escritório do xerife do condado de Mobile que tentou molestar um cavalo.

O proprietário do bicho de 20 anos disse à WPMI-TV que encontrou Bennett no celeiro na noite de quinta-feira (04), depois que seus cães começaram a latir e o levaram até a cena do crime.

A proprietária Francine Janes e seu marido, que estava armado com uma arma, descobriram que Bennett estava escondida em uma barraca no celeiro.

Ao ser encontrado, Janes disse que gostava de cavalos e que apenas gostaria de fazer um carinho no animal.

Bennett teria sido mantido sob o ponto de mira pelo marido de Janes até a polícia chegar.

Janes não acredita que esta é a primeira vez que Bennett interagiu inapropriadamente com seu cavalo. Ela disse aos investigadores que ela achou uma suposta evidência na barraca de Polly várias vezes ao longo do mês de dezembro.

“Eu diria que sete talvez 10 vezes”, disse Janes à WPMI.

“O papel higiênico tinha sido deixado. As pilhas de feno foram removidas. Os itens foram transferidos. E isso é tão longe quanto eu possa imaginar”.

Bennett está sendo acusado de de bestialidade como um delito, alegando que ele “se envolveu ou se submeteu a qualquer contato sexual com um animal, a saber: um cavalo”, informou a AL.com.

Bennett foi acusado de possuir ferramentas de roubo, má conduta sexual e transgressão criminal de segundo grau. Uma audiência está agendada para o próximo dia 18 de janeiro quando ele deve ser ouvido pela primeira vez.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.