24 Horas.US
Notícias do Brasil e do Mundo.

“Eu acho que matei minha mulher”, diz homem ao ligar para o 911

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

RALEIGH, NC – “Eu acho que matei minha…”, disse Matthew Phelps, 28 anos, ao ligar para o 911 na Carolina do Norte. Ele disse que acordou de um sonho e achou a esposa esfaqueada em seu quarto.

Ele foi preso e a polícia de Raleigh acusa Phelps de homicídio, depois que ele fez a chamada de emergência.

“Há sangue por cima de mim, e há uma faca ensaguentada na cama. Eu acho que fui eu.”

Phelps disse à telefonista que ele tomou mais remédios do que ele deveria tomar normalmente e acordou depois de seu sonho. Ele tinha sangue por toda parte e uma faca na cama que ele compartilhou com sua esposa.

Phelps teria dito que não tinha certeza se sua esposa estava viva, e se precisava de ajuda, porque ele estava com muito medo de aproximar-se dela. Ele disse que o sangue que ele tinha sobre ele havia secado.

As autoridades dizem que Lauren Ashley-Nicole Phelps, de 29 anos, foi morta à facadas.

No final da chamada de sete minutos do 911, Matthew Phelps começou a soluçar.

“Não posso acreditar que fiz isso”, disse Phelps. “Oh Deus. Ela não merecia isso. Por quê?”, questionou perdendo o controle. A telefonista ainda solicitou que ele abrisse a porta da frente para os policiais. Ele o fez e se rendeu.

Os registros estaduais mostram que Phelps não tinha registro criminal.

A polícia chegou e Matthew não ofereceu resistência. (WESH2)

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.