24 Horas.US
Notícias do Brasil e do Mundo.

Agente de Fronteira morre, outro fica muito ferido no Texas. Mas existem dúvidas sobre o caso!

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

DA REDAÇÃO – Ainda existem muitos detalhes que não foram divulgados e dúvidas não solucionadas no caso em que o FBI descreve como “trágico incidente” que acabou matando um agente de fronteira e deixou um segundo em sérias condições.

O FBI conta que os dois oficiais foram encontrados feridos tarde da noite do sábado (18) no sul do Texas.

Rogelio Martinez, 36, não resistiu aos ferimentos e morreu no domingo de manhã no hospital. O parceiro dele, que não foi identificado, segue hospitalizado e a situação dele é considerada grave.

Os dois sofreram vários traumas na cabeça e outros ferimentos como ossos quebrados, de acordo com o FBI que lidera as investigações. Ainda não saiu o resultado da autopsia de Martinez.

Porém, não houve ainda uma explicação sobre o que houve, os policiais texanos – incluindo o governador Greg Abbott e o Sen. Ted Cruz – descreveram o incidente como um ‘ataque’. O presidente Donal Trump aproveitou a oportunidade para levantar mais questões favoráveis para a construção do muro na divisa com o México e disse que o agente foi brutalmente espancado.

 

Mas em Culberson County, and os dois oficiais foram feridos, o xerife local pinta uma outra cena, sugerindo que ao “Dallas Morning News”, que os investigadores teriam acabado se envolvendo em um acidente durante o turno da noite.

“A evidencia não é obvia sobre o que aconteceu lá”, disse Oscar Carrillo, o xerife de Culberson County ao jornal.

Oficial Rogelio Martinez, 36 anos, morto na fronteira do México. Ele não foi baleado. (ABC)

Martinez e seu parceiro estavam patrulhando a I-10 no Setor Big Bend, que corre ao longo da fronteira EUA-México, quando eles responderam a uma atividade suspeita, diz a Patrulha de Fronteira americana (CBP). Porém, o órgão não especifica qual é o tipo de atividade suspeita que eles teriam saído para averiguar.

Depois de responder, o parceiro de Martinez reportou que eles estavam feridos e precisavam de ajuda. Eles foram encontrados 12 milhas a leste da cidade de Van Horn, por volta das 11:20 da noite de sábado, segundo o FBI.

Um porta voz da CBP disse que Martinez não foi baleado.

Ele estava na polícia de fronteira desde 2013.

O presidente Donald Trump citou o incidente como um dos motivos de que os Estados Unidos precisam construir o muro – que é uma promessa de campanha – ao longo da fronteira com o México.

“Como você sabe, perdemos um oficial da Patrulha da Fronteira ontem e outro foi brutalmente espancado e muito muito maltratado”, disse Trump nesta segunda-feira (20). “Parece que ele vai conseguir, mas muito mal”.

No domingo, Trump usou o twitter para ameaçar os responsáveis pelo incidente:

“Nós vamos caçar e trazer para a justiça os responsável. Nós vamos e devemos construir o Muro”.

Na segunda-feira, o governador do Texas Greg Abbot, anunciou uma recompensa de $20 mil dólares para qualquer um que der informações que levem à prisão e condenação de quem quer que seja que tenha matado o oficial Martinez e ferido o seu parceiro.

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.